GPIDEIA TECNOLOGIA http://gpideia.com.br/ Noticias sobre tecnologias, web, aplicativos, e muito mais pt-BR SineBahia divulga oportunidades de emprego para Ilhus nesta segunda-feira; veja listahttp://gpideia.com.br/noticia/sinebahia-divulga-oportunidades-de
Há oportunidades para manicure, garçonete, técnico de segurança de trabalho, entre outros profissionais. Há oportunidades para manicure Prefeitura de Muriaé/Divulgação O SineBahia divulgou vagas de emprego disponíveis em Itabuna, Ilhéus e Valença, nesta segunda-feira (11). Há oportunidades para manicure, garçonete, técnico de segurança de trabalho, entre outros profissionais. Interessados devem buscar atendimento em uma das unidades do órgão. Não é preciso agendar e as senhas serão distribuídas conforme disponibilidade e por ordem de chegada. Todos devem levar carteira de trabalho física ou digital; RG; CPF; comprovantes de residência, escolaridade e de vacinação contra Covid-19, além dos documentos específicos pedidos por cada vaga. Ainda de acordo com o SineBahia, estão listadas apenas algumas das vagas disponíveis, que estão sujeitas ao limite de encaminhamentos. Confira: VAGAS DE ILHÉUS: MANICURE Ensino fundamental completo Experiência mínima de 6 meses na função 02 VAGAS AGENTE DE VIAGENS Ensino médio completo Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho na área de vendas 01 VAGA TÉCNICO DE SEGURANÇA DE TRABALHO Ensino médio técnico em Segurança do Trabalho Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho 01 VAGA GARÇONETE Ensino médio completo Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho Residir nas proximidades do malhado 01 VAGA MECÂNICO DE AUTOMÓVEIS Ensino fundamental completo Experiência mínima de 6 meses na função Possuir CNH categoria AB 01 VAGA AUXILIAR DE MECÂNICO Ensino fundamental completo Experiência mínima de 6 meses na função Possuir CNH categoria AB 01 VAGA ANALISTA DE RECURSOS HUMANOS Superior completo em Administração ou Psicologia Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho Disponibilidade para residir em Itacaré 01 VAGA JARDINEIRO DIARISTA Ensino fundamental completo experiência mínima de 6 meses na função Possuir maquina de cortar grama 02 VAGAS ALINHADOR DE PNEU Ensino Médio Completo Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho Possuir CNH categoria B 01 VAGA AUXLIAR DE ELETROTÉCNICO Ensino médio técnico em Eletrotécnica Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho 01 VAGA ISOLADOR TÉRMICO Ensino fundamental completo Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho 01 VAGA FUNILEIRO Ensino fundamental completo Experiência mínima de 6 meses com registro em carteira de trabalho 01 VAGA Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia Ouça o Podcast ' Eu te Explico' ]]>
Toyota suspende produo no interior de SP por falta de insumoshttp://gpideia.com.br/noticia/toyota-suspende-producao-no-interior-de
Segundo a montadora, as plantas de Indaiatuba, onde é fabricado o Corolla, e em Sorocaba, onde são produzidos os modelos Yaris, Corolla Cross e Etios estão com produção suspensa nos dias 9, 10 e 11; causa da falta de insumos não foi informada. Toyota em Sorocaba Reprodução/TV TEM A Toyota do Brasil suspendeu a produção em Sorocaba (SP) e Indaiatuba (SP) temporariamente a partir desta quarta-feira (9). A previsão é que o trabalho seja retomado na segunda-feira (14). O motivo, segundo a montadora, é por falta de insumos. A causa não foi informada. Em nota, a montadora afirmou que "apesar dos esforços para gerenciar a falta de insumos que afeta a cadeia de suprimentos global, as plantas de Indaiatuba, onde é fabricado o Corolla, e em Sorocaba, onde são produzidos os modelos Yaris (hatch e sedã), Corolla Cross e Etios (somente para exportação), estão com produção suspensa nos dias 9, 10 e 11 de março". "A companhia reitera que vem buscando soluções que minimizem os impactos ao consumidor e que mantém diálogo constante e aberto com seus fornecedores, além de aplicar em suas unidades o TPS – Toyota Production System – como forma de minimizar o grande impacto que essa situação atípica vem causando em sua operação e em toda a sua cadeia de fornecedores." Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), componentes importados do Japão estão em falta na fábrica Joyson Safety Systems, que fornece cinto de segurança para a Toyota. "Os trabalhadores da montadora, no entanto, não serão prejudicados graças ao acordo de banco de dias emergencial, negociado pelo sindicato", informou o SMetal, completando que só em Sorocaba são 2,7 mil trabalhadores. A medida garante que os trabalhadores fiquem em casa sem desconto salarial quando a falta de matéria-prima impactar a produção. Na hora de "pagar" essas horas no futuro, eles recebem um bônus financeiro no valor de R$ 300,00, válido para até 3 dias compensados (quando chegar a um quarto dia, será pago um novo bônus). A unidade em Porto Feliz (SP), responsável pela produção de motores, não foi afetada. Ataque hacker e produção russa Na semana passada, o governo japonês informou que um ataque hacker foi responsável por problemas registrados em um fornecedor local da Toyota. A ação obrigou a montadora a paralisar a produção por um dia no país. A empresa informou que, devido ao problema, suspendeu a produção em todas as 28 linhas de suas 14 fábricas japonesas. O porta-voz do governo, Hirokazu Matsuno, confirmou o ataque hacker contra a fornecedora de peças Kojima Industries, mas declarou que o caso ainda está sendo investigado e não revelou mais detalhes. A montadora disse, na semana passada, que a produção no Brasil não havia sido afetada pelo problema no Japão. Matsuno também alertou que "o risco de ciberataques cresce devido à situação atual, incluindo a Ucrânia", e pediu às empresas que fortaleçam medidas contra esses incidentes, destacou a agência de notícias France Presse. O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, disse que o governo iria investigar se a Rússia estava envolvida no incidente. Com as sanções econômicas aplicadas contra a Rússia por causa da invasão à Ucrânia, diversas empresas deixaram de fazer negócios no país. A Toyota também anunciou a suspensão da produção na sua única fábrica russa e a interrupção do envio de veículos para o país, citando "interrupções na cadeia de suprimentos" ligadas à guerra. Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM ]]>
Motoristas de caminho, nibus e van sem exame toxicolgico em dia vo levar multa de R$ 1.467, alerta Detranhttp://gpideia.com.br/noticia/motoristas-de-caminhao-onibus-e-van
Punição entra em vigor na sexta-feira (12). Medida foi aprovada em 2020, mas teve que ser adiada por causa da pandemia. O exame toxicológico é realizado por meio de amostras de cabelo, pelo ou unhas Reprodução/JN A partir de sexta-feira (12), os motoristas de caminhão, ônibus e vans que não estiverem com o exame toxicológico em dia serão multados automaticamente e deverão pagar R$ 1.467,35. O alerta, feito pelo Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), vale para quem tem Carteira Nacional de Habilitação dos tipos C, D ou E. Tire dúvidas sobre o exame toxicológico Segundo o Detran, a punição está prevista pela Lei 14.071/20, aprovada em outubro de 2020. Essa medida foi adiada por causa do novo coronavírus. De acordo com o Código Brasileiro de Trânsito (CTB), condutores destas categorias, com menos de 70 anos, devem ser submetidos ao novo exame a cada dois anos e seis meses. O motorista que for flagrado conduzindo veículos que exijam habilitação nessas categorias, sem realizar o exame toxicológico após 30 dias do vencimento do prazo, cometerá uma infração gravíssima. A multa atinge os condutores com a carteira vencida ou que vai vencer em 2021, bem como em 2022 e 2023. O Detran alerta que, caso o condutor seja parado em fiscalizações na cidade ou em rodovias e ainda estiver com o exame vencido, sofrerá outra punição. De acordo com o artigo 165 B do código, além da multa durante fiscalizações, o veículo conduzido pelo motorista com o exame vencido pode ser recolhido até apresentação de novo condutor habilitado e com exame válido. O motorista autuado também perde, por 90 dias, o direito de dirigir. O exame é obrigatório para os motoristas das categorias C, D e E, que exercem atividade remunerada. O exame toxicológico é realizado por meio de amostras de cabelo, pelo ou unhas verificando o consumo, ativo ou não, de substâncias psicoativas, com análise retroativa mínima de 90 (noventa) dias. O material deve ser coletado em laboratórios credenciados, com valor adotado conforme livre concorrência, conforme o Detran. Veja vídeos de PE mais assistidos em sete dias ]]>
Primeiro 'UTV' do Brasil com a tecnologia do nibio criado em parceria com empresa de Araxhttp://gpideia.com.br/noticia/primeiro-utv-do-brasil-com-a-tecnologia
Veículos são usados em competições off-road; CBMM e Giaffone Racing desenvolveram utilitário 10% mais leve, resultando em economia de combustível e maior vida útil dos componentes. UTV EXO Nb CBMM/Divulgação A CBMM, empresa de Araxá líder mundial na produção e fornecimento de produtos de nióbio, e a Giaffone Racing, especializada na produção de carros e motores de competição, desenvolveram os primeiros "UTVs" produzidos no Brasil com a tecnologia do nióbio. A sigla UTV vem de "Utility Task Vehicle", em tradução livre para o português, veículo utilitário multitarefas. Esse tipo de carro é usado em competições off-road. Já o nióbio, é um elemento químico usado como liga na produção de aços e quando adicionado na proporção de gramas por tonelada de aço, a liga se torna muito mais forte e maleável. Estrutura do UTV EXO Nb CBMM/Divulgação Graças a adoção de materiais que contam com adição de nióbio os utilitários multitarefas EXO Nb têm estruturas ultra resistentes e são até 10% mais leves que os concorrentes. Com isso, além de atingir maior velocidade em menor tempo, os novos UTVs também apresentam ganhos em resistência e no custo operacional, resultando em economia de combustível e maior vida útil dos componentes. Parceria A parceria teve início com um teste da aplicação de aço microligado com nióbio nos veículos já produzidos pela Giaffone Racing. “A parceria contou com uma intensa troca de tecnologia e conhecimento. A aplicação de produtos de nióbio impactou em uma melhora significativa na performance do veículo”, falou Érico França, analista de desenvolvimento de mercado da CBMM, que acompanhou o desenvolvimento do projeto pioneiro no Brasil. Interior do novo UTV EXO Nb CBMM/Divulgação “O desafio agora é desenvolver a versão híbrida, pois é um mundo totalmente novo para nós e um processo bastante complexo, mas estamos confiantes e empenhados em promover evoluções para o motorsport brasileiro”, disse Zeca Giaffone, diretor da Giaffone Racing. Versões Além da versão de motorização a etanol, a linha Exo Nb conta com uma versão híbrida (etanol e elétrica), o Exo Nb-Hybrid, que será a principal atração tecnológica do Sertões 2021, o maior rally das Américas, que acontece de 12 a 22 de agosto, com largada inédita da praia da Pipa, no Rio Grande do Norte. “Além desta nova linha de UTVs pretendemos ainda incorporar a versão totalmente elétrica ao longo das próximas edições do Sertões, mostrando que podemos sim desenvolver tecnologias no país, com a união de empresas inovadoras e genuinamente brasileiras”, contou Giuliano Michel Fernandes, gerente de marketing e comunicação da CBMM. UTV EXO Nb CBMM/Divulgação VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas ]]>
Volks anuncia frias coletivas para 2,2 mil funcionrios em Taubat http://gpideia.com.br/noticia/volks-anuncia-ferias-coletivas-para-2-2
Segundo sindicato, parada é técnica para a implantação de nova plataforma que vai viabilizar produção de novos modelos na planta. Fábrica da Volkswagen em Taubaté vai entrar em férias coletivas Reprodução/ TV Vanguarda A Volkswagen vai dar férias coletivas para 2,2 mil funcionários da fábrica de Taubaté (SP) a partir de 3 de maio. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, a medida é para a implantação da plataforma de produção MQB, uma nova tecnologia usada pela empresa. De acordo com a entidade, as férias coletivas são uma parada técnica que vai durar entre os dias 3 e 12 de maio. A medida vale para funcionários dos dois turnos. O anúncio da inclusão da plataforma MQB veio logo após o fim da produção do Up!, um dos modelos que eram produzidos na planta no interior paulista. À época, o sindicato informou que aguardava a instalação da nova tecnologia que vai permitir a produção de novos modelos na planta. Atualmente, a unidade de Taubaté produz os modelos Voyage e Gol. O último investimento na cidade feito pela multinacional havia sido o Up!. A Volkswagen foi procurada pelo G1, mas não retorno até a publicação da reportagem. Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina ]]>
Mercedes-Benz retoma produo, aps folga para diminuir circulao de pessoas na pandemia em Juiz de Forahttp://gpideia.com.br/noticia/mercedes-benz-retoma-producao-apos
Desde o dia 26 de fevereiro trabalhadores estavam de folga para minimizar a circulação de pessoas no local por causa da pandemia da Covid-19. Parque Industrial da Mercedes Benz em Juiz de Fora Mercedes Benz/Divulgação As atividades produtivas na Mercedes-Benz foram retomadas em Juiz de Fora nesta segunda-feira (5). A medida foi divulgada pela assessoria da empresa e também vale para a fábrica de São Bernardo do Campo (SP). Em fevereiro, o G1 mostrou que os trabalhadores entraram de folga no dia 26 do mesmo mês para minimizar a circulação de pessoas por causa da pandemia da Covid-19. De acordo com a Mercedes-Benz, a partir desta segunda, a empresa terá férias coletivas para grupos alternados de funcionários de acordo com o planejamento de cada fábrica. "Teremos um grupo de produção menor mantendo os protocolos de distanciamento, mas continuaremos a atender os nossos clientes com nossos produtos e serviços", informou a nota. Já os colaboradores administrativos continuam em regime de home office. Mercedes-Benz em Juiz de Fora No ano passado, uma audiência pública na Câmara Municipal discutiu a situação da Mercedes-Benz em Juiz de Fora. Um dos motivos para a sessão ser realizada foi o encerramento dos trabalhos da Ford no Brasil. Na ocasião, representantes da empresa sinalizaram que a montadora manteria as atividades no município. De acordo com o Legislativo, o objetivo também foi discutir a manutenção de 830 funcionários diretos e a efetividade da Mercedes-Benz na cidade. Em 2019, o G1 mostrou que houve uma redução dos serviços. VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campo das Vertentes ]]>
Renault paralisa produo em fbrica de So Jos dos Pinhais por causa da pandemia da Covid-19http://gpideia.com.br/noticia/renault-paralisa-producao-em-fabrica
Serviços na fábrica do Paraná serão suspensos na segunda-feira (29) e, devido ao feriado, retomam somente no dia 5 de abril; cerca de 5 mil funcionários devem parar. Fábrica da Renault em São José dos Pinhais, no Paraná Divulgação A Renault informou, nesta quinta-feira (25), que irá suspender a produção na fábrica de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, a partir de segunda-feira (29), por causa da pandemia da Covid-19. Em nota, a empresa informou que vai suspender a produção até quinta-feira (1º), mas, devido ao feriado do dia seguinte, sexta-feira (2), os trabalhadores só devem voltar ao trabalho em 5 de abril. A decisão atinge cerca de 5 mil funcionários. Os dias não trabalhados, de acordo com a fábrica, "serão compensados oportunamente". CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas Ainda conforme a empresa, somente as atividades essenciais da fábrica, como a manutenção de fornos de fundição de alumínio, linhas de vapor e ar comprimido, que precisam continuar funcionando, serão mantidas. O objetivo, de acordo com a Renault, é contribuir com o isolamento social. A decisão foi alinhada com o Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba, que já havia solicitado medidas como esta. Trabalhadores do setor administrativo devem continuar em home office. A empresa informou que, desde maio de 2020, trabalha com um protocolo de saúde e segurança, contra o coronavírus, nas unidades. Renault paralisa produção em fábrica de São José dos Pinhais por causa da pandemia da Covid-19 Divulgação VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR nos últimos 7 dias Veja mais notícias do estado no G1 Paraná. ]]>
GM anuncia layoff para 600 funcionrios em So Jos dos Campos, diz sindicatohttp://gpideia.com.br/noticia/gm-anuncia-layoff-para-600-funcionarios
Segundo entidade, o motivo alegado pela empresa é a falta de peças na produção. A suspensão teria duração de 8 de março a 2 de maio e será levada para votação em assembleia nesta terça-feira (2). GM tem cerca de 5 mil empregados na fábrica em São José dos Campos Camilla Motta/ G1 A General Motors (GM) anunciou nesta segunda-feira (1º) um layoff (suspensão temporária de contrato) para 600 trabalhadores da planta de São José dos Campos (SP). A informação é do Sindicato dos Metalúrgicos. Segundo a entidade, o motivo alegado pela empresa é a falta de peças na produção. A suspensão teria duração de 8 de março a 2 de maio. O sindicato informou que a montadora ressaltou na reunião as vendas no setor seguem aquecidas em 2021. Uma nova reunião entre o sindicato e a GM irá ocorrer na quarta-feira (3), às 9h. Na terça-feira (2) será feita uma assembleia para apresentar a proposta de layoff feita pela empresa aos funcionários. Atualmente, segundo o sindicato, 368 trabalhadores da fábrica já se encontram em layoff. O grupo tem previsão de retorno para 8 de abril. A montadora tem cerca de 3,5 mil trabalhadores e produz o modelo S10 na planta de São José dos Campos. A GM foi procurada pelo G1, que aguardava retorno até a publicação da reportagem. Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina ]]>
IPVA 2021 no Cear: veja calendrio de parcelamentohttp://gpideia.com.br/noticia/ipva-2021-no-ceara-veja-calendario-de
No dia 10 de fevereiro vence a 1ª parcela para quem não optou pelo pagamento da cota única. IPVA 2021 em Fortaleza Thiago Gadelha/ SVM Os motoristas que não optaram por pagar a cota única do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) poderão realizar o pagamento em cinco parcelas. A primeira se vence no próximo dia 10 de fevereiro e a última em 10 de junho deste ano. O IPVA no Ceará teve uma redução média de 4,95% em 2021 em relação ao ano passado, segundo informou a titular da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE), Fernanda Pacobahyba. Os motoristas que pagaram a cota única até o dia 29 de janeiro tiveram desconto de 5%. Confira o valor do IPVA de todos os veículos Os boletos para pagamento estarão disponíveis para os proprietários de automóveis no site da Secretaria da Fazenda. O documento pode ser obtido também pelo aplicativo "Meu IPVA", disponível gratuitamente nas lojas Play Store (para aparelhos de celular Android) e App Store (aparelhos iPhone). Os boletos podem ser emitidos a partir de 1º de janeiro. Data de pagamento do IPVA 2021 no Ceará Em 2021, mais de 2.25 milhões de veículos serão tributados no Ceará, o que gerará uma arrecadação de R$ 1,12 bilhão. Do montante recolhido, metade vai para os cofres estaduais e a outra metade fica com os municípios nos quais os veículos têm sede Os contribuintes também poderão fazer consultas no aplicativo "Meu IPVA", além de emitir o Certificado de Arrecadação do Estado (DAE), através da plataforma, que está disponível na Play Store e App Store. Alíquotas Alíquota do IPVA 2021Y no Ceará As alíquotas do imposto terão variação de 0,5% a 3,5% a depender do valor total dos veículos. Conforme a Sefaz-CE, a maior parte da frota de veículos do estado tem percentual de alíquota de 3,5%. Além disso, o órgão também informou que motocicletas, motonetas, ciclomotores e triciclos, de até 125 cilindradas pagarão a alíquota de 1%, no caso de não possuir infração de trânsito. Já os veículos de grande porte, como ônibus, micro-ônibus, caminhões e veículos de locadoras pagarão 1%. As instituições que farão parte da rede arrecadadora incluem Banco do Brasil, Caixa Econômica, Banco do Nordeste, Bradesco, Santander, Itaú, casas lotéricas e a rede Pague Menos. Terão direito à isenção do IPVA pessoas com deficiência (PcD), assim como proprietários de máquinas agrícolas, táxi, ônibus de transporte urbano e metropolitano, além de veículos com mais de 15 anos de fabricação. Mais caro e mais barato A Ferrari F12 Berlineta é o automóvel com maior valor de IPVA. O total pago de imposto será no valor de R$ 67 mil reais. O valor venal do veículo é de R$ 1,9 milhão, fabricado em 2013, com alíquota de 3,5%, de acordo com a Sefaz-CE. O automóvel tem potência para rodar com velocidade máxima de 340 km/h. Em relação a motocicletas, o modelo com imposto mais caro será da linha Harley-Davidson, fabricada em 2020, com imposto de R$ 5,2 mil, com capacidade para rodar 300 km/h. Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 minuto: IPVA Ceará 2021 Arte/G1 ]]>
Boleto do IPVA no Cear j pode ser emitido e pagohttp://gpideia.com.br/noticia/boleto-do-ipva-no-ceara-ja-pode-ser
Imposto tem 5% de desconto se for pago em cota única, até 29 de janeiro. Boleto do IPVA no Ceará já pode ser emitido e pago; veja como pagar SET-RN/Divulgação Proprietários de veículos do Ceará já podem emitir o boleto e pagar o IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) relativo ao ano de 2021. A redução média do imposto em relação ao ano anterior é de 4,95%. Os boletos para pagamento estão disponíveis para os proprietários de automóveis no site da Secretaria da Fazenda. O documento pode ser obtido também pelo aplicativo "Meu IPVA", disponível gratuitamente nas lojas Play Store (para aprelhos de celular Android) e App Store (aparelhos iPhone). Confira o valor do IPVA de todos os veículos Pagamento com desconto Data de pagamento do IPVA 2021 no Ceará Os motoristas que pagarem a cota única até o dia 29 de janeiro terão desconto de 5%. Quem optar pelo parcelamento, sem desconto, poderá parcelar em até cinco vezes, sendo a primeira em 10 de fevereiro e a última em 10 de junho. Em 2021, mais de 2.25 milhões de veículos serão tributados no Ceará, o que gerará uma arrecadação de R$ 1,12 bilhão. Do montante recolhido, metade vai para os cofres estaduais e a outra metade fica com os municípios nos quais os veículos têm sede Alíquota do IPVA 2021Y no Ceará Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 minuto: IPVA Ceará 2021 Arte/G1 ]]>
Cresce volume de emprstimos para pessoas fsicas, aponta Banco Centralhttp://gpideia.com.br/noticia/cresce-volume-de-emprestimos-paraCrdito para veculos bate recorde e operaes com carto de crdito vista voltam ao patamar pr-pandemia, diz BChttp://gpideia.com.br/noticia/credito-para-veiculos-bate-recorde-eFord conclui venda de fbrica em So Bernardo do Campo um ano aps fechar unidade no ABC paulistahttp://gpideia.com.br/noticia/ford-conclui-venda-de-fabrica-em-sao
Em junho, Prefeitura de São Bernardo já havia anunciado a venda do espaço por R$ 550 milhões, mas empresas negaram na ocasião. Fábrica atuou por 52 anos na produção de veículos na cidade e foi vendida para a Construtora São José e FRAM Capital. Antiga fábrica da Ford em São Bernardo do Campo, que encerrou as atividades em 30 de outubro de 2019 André Paixão/G1 A Ford informou neste sábado (31) que concluiu a venda da fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, um ano após encerrar a produção de veículos naquela unidade. Em nota, a companhia afirmou que, entre os potenciais compradores, priorizou durante a seleção os projetos que melhor atendessem as necessidades da região, comemorou a transação e agradeceu aos envolvidos no negócio. “Estamos muito felizes em concluir essa transação com a Construtora São José e com a FRAM Capital, empresas conceituadas e com ampla experiência em seus segmentos de atuação, que contribuirão com a geração de empregos e o desenvolvimento de São Bernardo do Campo”, disse Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul. A Construtora São José é especializada em empreendimentos logísticos e a FRAM Capital é uma empresa com experiência em gestão de recursos. A fábrica da Ford fechou há um ano, depois de 52 anos atuando na produção de veículos em São Bernardo do Campo. Foto de arquivo tirada em 2016 mostrou carros novos da Ford estacionados em pátio da fábrica em São Bernardo do Campo REUTERS/Paulo Whitaker De acordo com a marca, a decisão era "um importante marco no retorno à lucratividade sustentável de suas operações na América do Sul" e incluiu outras medidas, como uma aliança com a Volkswagen para desenvolvimento de veículos em conjunto. Na ocasião, o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), disse ter ficado surpreso com o anúncio, e qualificou a medida como "covarde". A fábrica da Ford empregava 2.350 funcionários e, desses, apenas mil, que são da área administrativa, foram mantidos. A montadora tem outras duas unidades no país: a de Camaçari, na Bahia, e a de Taubaté, no interior de São Paulo. Há ainda um campo de provas em Tatuí, também no estado paulista, onde carros são testados. A Prefeitura de São Bernardo do Campo fez um acordo com a General Motors, dona da Chevrolet, para contratação prioritária dos funcionários dispensados pela Ford. Ford encerra produção na fábrica de São Bernardo do Campo Histórico da negociação Antes de fechar a fábrica em outubro de 2019, a Ford há havia anunciado, meses antes, que tomaria esta medida. O governo do estado e a Prefeitura de São Bernardo tentaram ajudar na venda, pois, além do desemprego, as estimativas eram de que a arrecadação do município reduzira em R$ 18,5 milhões por ano. No ano passado, o Grupo Caoa demonstrou interesse, mas decidiu investir na implantação de uma nova fábrica de automóveis no estado. Em junho deste ano, a Prefeitura de São Bernardo chegou a anunciar que fábrica já havia sido vendida por R$ 550 milhões nesta para a Construtora São José, que negou na ocasião e mas se posicionou como potencial compradora. Produção do Ford Corcel em São Bernardo do Campo, em 1971 Divulgação Antigo berço de Willys A unidade do ABC era uma das fábricas de veículos mais antigas do Brasil. Antes de ficar nas mãos da Ford por mais de cino décadas, ela foi idealizada e construída pela extinta Willys-Overland do Brasil. A inauguração foi em 1954, com a produção do Jeep Willys. Em 1967, a Ford comprou a Willys, e assumiu a fábrica de São Bernardo. Além da unidade, a empresa do oval azul terminou o desenvolvimento do Corcel, o primeiro Ford a ser produzido ali, no ano seguinte. Depois dele, vieram diversos outros modelos conhecidos, como Ka, Escort, Maverick, Del Rey, Verona e Pampa, todos montados no espaço, que fica separado por uma cerca de outra fabricante, a Mercedes-Benz. Em 2001, a Ford inaugurou a fábrica de Camaçari, transferindo quase toda a produção de automóveis para o local. Em contrapartida, São Bernardo recebeu a linha de caminhões, vinda da extinta unidade do Ipiranga, na capital paulista. Em 2011, G1 mostrou como nasce um carro dentro na fábrica de São Bernardo. G1 mostra como nasce um carro Vídeos: Tudo sobre São Paulo e Região Metropolitana ]]>
Reveja seus conceitos sobre um sedan: prepare-se para conhecer o Novo Nissan Versahttp://gpideia.com.br/noticia/reveja-seus-conceitos-sobre-um-sedan
A Nissan lançará no dia 28 de outubro o novo modelo, que chega com um design mais robusto, muito mais conforto, moderno e repleto de novidades em seu pacote de benefícios. Reveja seus conceitos sobre um sedan: prepare-se para conhecer o Novo Nissan Versa Divulgação "Os conceitos estabelecidos ficarão para trás". “Desafiamos os seus conceitos". "Você vai se render para o extraordinário". Com frases como essa, a Nissan Brasil movimentou as redes sociais nos últimos dias e despertou a curiosidade entre os usuários da internet: o que vem por aí? A resposta chegará às 17h30min de 28 de outubro em uma LIVE no canal da Nissan Brasil no Youtube. O evento marcará o lançamento do Novo Nissan Versa, que promete provocar uma grande transformação na categoria dos sedans. Para dar esse novo passo na evolução da tecnologia, o projeto começou ouvindo quem mais conhece o Versa: os consumidores. A partir dessas avaliações, os engenheiros da marca receberam a missão de fazer uma reformulação total no veículo. A intenção é mudar os conceitos sobre um sedan. O que se pode esperar, então, do Novo Nissan Versa? Mesmo antes do lançamento, já dá para saber uma série de detalhes. Os pilares que tornam a Nissan reconhecida por sua excelência vão estar presentes no novo modelo. A começar pela tecnologia japonesa de ponta. Assim como todos os outros veículos da marca, o Novo Nissan Versa conta com itens tecnológicos que tornam o dia a dia muito mais prático e seguro. Também estão presentes neste lançamento o conforto e a comodidade que fazem das viagens em um Nissan uma experiência prazerosa. Sem falar no visual inconfundível, responsável por destacar os veículos da montadora. Supere expectativas Mas o Novo Nissan Versa vai além. Os consumidores pediram, e o novo modelo ficou muito mais moderno. Ele é um marco entre os sedans porque, com sua tecnologia japonesa, conta com o melhor pacote de benefícios, itens de série e features exclusivos da categoria. Ou seja: o motorista e os passageiros terão ainda mais segurança e conforto em suas viagens, em um veículo com incrível desempenho e com design robusto. Ficou cheio de expectativas? Prepare-se: todas elas serão superadas. Acompanhe o lançamento online do Novo Versa no canal da Nissan Brasil no Youtube, às 17h30min do dia 28 de outubro, e esteja pronto para rever todos os seus conceitos sobre um sedan. Quer saber mais? Acesse! ]]>
Bolsonaro sanciona lei que altera regras do Cdigo de Trnsitohttp://gpideia.com.br/noticia/bolsonaro-sanciona-lei-que-altera-regrasAcidentes em estradas federais deixam 75 mortos no feriado de Nossa Senhora Aparecidahttp://gpideia.com.br/noticia/acidentes-em-estradas-federais-deixam-75
Segundo Polícia Rodoviária Federal, foram registrados 973 acidentes e 1.165 pessoas ficaram feridas. Patrulheiros fizeram mais de 6 mil testes do bafômetro e 783 motoristas foram flagrados sob efeito de álcool. PRF divulga balanço de operação nas estradas do Sul do RJ Polícia Rodoviária Federal Durante o feriadão de Nossa Senhora Aparecida, de 9 a 12 de outubro, 75 pessoas morreram em acidentes nas estradas federais que cortam o país. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados 973 acidentes. "Os acidentes foram motivados por diversos fatores, especialmente os relacionados ao comportamento do condutor", disse a PRF. O balanço da PRF, divulgado durante a tarde desta segunda-feira (13), mostra que 248 desses acidentes foram classificados como graves. O levantamento aponta ainda que 1.165 pessoas ficaram feridas. A PRF fiscalizou 135,9 mil veículos e fez 6,2 mil testes do bafômetro. Ao todo, 783 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool. De acordo com a corporação, não é possível estabelecer uma comparação com o mesmo período de 2019, já que o feriado passado caiu em um sábado. Álcool ao volante no feriadão Outras infrações Durante a operação, a Polícia Rodoviária Federal autuou motoristas e motociclistas por outras infrações. Entre elas: 4,8 mil atuações por não uso do cinto de segurança, de motoristas ou passageiros 1 mil pessoas, entre condutores e garupas de motocicletas, sem capacete. 6 mil ultrapassagens proibidas 268 motoristas flagrados ao usar o celular enquanto dirigiam No Distrito Federal, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 39 acidentes em rodovias que cortam a capital. Ao todo, 44 pessoas ficaram feridas e duas morreram. Feriado de N. Senhora Aparecida termina com 39 acidentes no DF, diz PRF Criminalidade PRF prende seis condutores embriagados durante o feriadão Além das ações preventivas de segurança, 537 pessoas foram detidas pela Polícia Rodoviária Federal, entre 9 e 12 de outubro. Segundo a corporação, "por diversos crimes", entre eles, 112 por crimes de trânsito. "Durante o feriadão, foram recuperados 92 veículos e apreendidas 1,5 tonelada de maconha e 64 kg de cocaína", disse a PRF. VÍDEOS: mais vistos do G1 Carros Leia outras notícias da região no G1 DF. ]]>
GM anuncia novo PDV e retorno de segundo turno da S10 em So Joshttp://gpideia.com.br/noticia/gm-anuncia-novo-pdv-e-retorno-de-segundo
Informação é do Sindicato dos Metalúrgicos. Pacote de demissão é o segundo aberto este ano, depois da adesão de mais de 200 funcionários ao último PDV, em setembro. GM anuncia novo PDV na planta de São José dos Campos Camilla Motta/ G1 A General Motors, de São José dos Campos, vai abrir um novo Plano de Demissão Voluntária (PDV) para todos os setores da planta. A informação foi divulgada pelo Sindicato dos Metalúrgicos nesta terça-feira (6). Além do PDV, a empresa anunciou a retomada do segundo turno da produção da S10, que estava com os funcionários em layoff. Este é o segundo pacote de demissões da empresa, que em setembro fez desligamentos na planta em São José. De acordo com a entidade, o pacote desta vez se estende para todos os setores da fábrica e tem como benefícios salários adicionais, extensão do convênio médico e um carro. Os valores variam de acordo com o tempo de trabalho na empresa (veja a tabela abaixo). A medida foi adotada pela empresa, segundo o sindicato, como forma de readequação da produção. No fim de setembro, mais de 200 funcionários aderiram ao plano de demissão. O sindicato não informou qual a meta de adesão da empresa. O PDV vai ficar aberto de 16 a 26 de outubro. Veja abaixo a tabela oferecida no PDV: 1 a 3 anos de fábrica: sem benefícios; 4 a 10 anos: 3,5 salários + 12 meses de convênio médico; 11 a 13 anos: 4 salários + um carro Onix Joy Black + 18 meses de convênio médico; 14 a 16 anos: 4,5 salários + um carro Onix Joy Black + 18 meses de convênio médico; 17 a 19 anos: 5 salários + um carro Onix Joy Black + 24 meses de convênio médico; 20 a 22 anos: 5,5 salários + um carro Onix Joy Black + 24 meses de convênio médico; 23 a 25 anos: 6 salários + um carro Onix Joy Black + 24 meses de convênio médico; Acima de 26 anos: 7 salários + um carro Onix Joy Black + 24 meses de convênio médico. Layoff A empresa estava mantendo cerca de 300 funcionários em layoff (suspensão dos contratos de trabalho) na planta, com a suspensão do segundo turno da produção da S10. De acordo com o sindicato, em reunião com a entidade a GM decidiu pela retomada da produção. A empresa está com trabalhadores em layoff desde abril. A medida vem sendo estendida e, segundo acordo feito com os funcionários, poderia ser prorrogado até abril de 2021. Os trabalhadores devem voltar ao trabalho ainda nesta semana, segundo o sindicato. A reportagem do G1 procurou a empresa e aguardava o retorno até a publicação. Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina ]]>
Cmara aprova MP que amplia prazo para indstria automotiva se candidatar a incentivo fiscalhttp://gpideia.com.br/noticia/camara-aprova-mp-que-amplia-prazo-paraPorsche 911 Turbo S: primeiras impresseshttp://gpideia.com.br/noticia/porsche-911-turbo-s-primeiras
G1 experimenta a nova geração do esportivo de R$ 1,3 milhão em Interlagos. Modelo vai de 0 a 100 km/h, mais rápido do que uma Ferrari F8 Tributo. Porsche 911 Turbo S Divulgação A chance de ganhar na Mega-Sena com uma aposta simples, que custa R$ 4,50, é de uma em aproximadamente 50 milhões. Um sortudo amante de carros que conseguisse essa proeza e quisesse levar para casa um Porsche 911 Turbo S deixaria, no mínimo, R$ 1,3 milhão da sua fortuna na concessionária. O inves Em troca, levaria para casa um dos melhores esportivos da atualidade. É a conclusão que se chega ao experimentar o modelo no melhor cenário possível no Brasil: o Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A "casa" do automobilismo brasileiro foi a sede do evento de lançamento da nova geração do Porsche. Foram 5 voltas pelos pouco mais de 4,3 km do traçado. E a palavra que o define o carro pode até surpreender: equilíbrio. Tabela de concorrentes do Porsche 911 Turbo S Divulgação O que mudou Um olhar mais desatento vai achar que o visual é idêntico ao do modelo anterior. Porém, basta começar a procurar as mudanças em relação ao antigo 911 Turbo S que serão necessários vários parágrafos para descrevê-las. Aqui vão algumas: aerofólio traseiro redesenhado e maior novo capô e para-choque dianteiro redesenhado tomadas de ar maiores e redesenhadas lanternas traseiras redesenhadas e unidas por uma barra com efeito 3D Traseira do 911 Turbo S tem novas lanternas e aerofólio maior Divulgação As principais novidades, no entanto, não estão à vista, mas no motor de 6 cilindros contrapostos, também conhecido como Boxer. A cilindrada foi ligeiramente reduzida de 3.800 cm³ para 3.745 cm³. Ao mesmo tempo, a potência aumentou em 70 cavalos (o equivalente ao motor do Renault Kwid), chegando a 650 cv, enquanto o torque cresceu expressivos 5,1 kgfm, totalizando 81,6 kgfm. Porsche 911 Turbo S Divulgação Nem tão vanguardista Para conseguir esses números, a Porsche atuou em duas frentes. Primeiro, nos componentes do motor. As duas turbinas de geometria variável ficaram maiores e agora estão posicionadas de forma espelhada, melhorando a forma como o ar passa por elas. Essa última alteração também tem a ver com a segunda área da atuação da Porsche: o fluxo de ar. Os trocadores de calor, além de maiores, foram reposicionados, e agora estão em local mais alto. No geral, a admissão de ar aumentou em 13%. Tomada de ar Porsche 911 Turbo S agora possui aerodinâmica ativa Divulgação Outras soluções até parecem inovadoras, mas são mais comuns do que se imagina. A nova válvula de escape ("wastegate") elétrica do turbo, por exemplo, equipa há anos os motores 1.0 turbo dos Volkswagen Up e Polo. Já as tomadas de ar dianteiras com aerodinâmica ativa são um recurso presente desde 2016 na nem um pouco esportiva Chevrolet Spin. Mais rápido que Ferrari Todo esse pacote de novidades também representa uma melhoria nos números de desempenho no novo 911 Turbo S. O esportivo acelera de 0 a 100 km/h em 2,7 segundos, marca 0,2 segundo melhor do que a geração anterior e do que a Ferrari F8 Tributo, de 720 cv. Para ir de 0 a 200 km/h, são necessários apenas 8,9 segundos, 1 segundo inteiro a menos do que o 911 Turbo S que está saindo de linha. A velocidade máxima não mudou: permanece em 330 km/h. Porsche 911 Turbo S é mais rápido do que o GT3 RS nas retas, mas perde em curvas Divulgação Bem longe disso, alcançando os 260 km/h, o 911 Turbo S chega no final da reta de Interlagos, para contornar o “S do Senna”. A essa altura, o modelo já tirou a diferença para o 911 GT3 RS de geração anterior usado como “carro madrinha”. É isso mesmo. O novo Turbo S é mais rápido em retas do que o GT3 anterior. Por outro lado, nas curvas, por ter um acerto mais próprio de pistas, o GT3 acaba ganhando terreno. A placa de 150 metros é o sinal para acionar com força o pedal de freio. Nessa nova geração, o Turbo S traz gigantescos discos de cerâmica de 420 milímetros na frente e 390 mm atrás. Disco de freio dianteiro do Porsche 911 Turbo S Divulgação Como comparação, os discos dianteiros possuem diâmetro 63% maior do que os de um Fiat Argo 1.0, por exemplo. Já com a velocidade mais baixa, o 911 se equilibra e sai disparado para engolir a reta oposta do autódromo paulistano. Ali o novo câmbio automático de dupla embreagem e 8 marchas mostra a que veio, com trocas instantâneas – e acompanhadas de tranco na coluna. As duas últimas marchas, porém, são usadas para reduzir o consumo de combustível em situações “normais” em que o 911 não está em uma pista. Por isso, a velocidade máxima é alcançada em sexta marcha. Eixo traseiro do Porsche 911 Turbo S é capaz de virar até 2 graus Divulgação Outro recurso que deve ser útil também nas ruas é o eixo traseiro direcional. Ele faz com que as rodas posteriores girem até 2 graus. Em baixas velocidades, elas vão no sentido contrário à direção, facilitando manobras. Nas situações de maior velocidade, o sentido é o mesmo das rodas dianteiras, garantindo maior estabilidade e equilíbrio. O tal equilíbrio Por tudo isso, faz sentido dizer que a palavra que melhor define o 911 Turbo S é equilíbrio. Usar um termo tão ameno para definir um carro tão extremo pode parecer uma heresia. Principalmente quando esse modelo tem 650 cv, chega aos 200 km/h em menos de 9 segundos e é capaz de grudar as costas do motorista no banco em acelerações. Mas é isso que acontece com o 911 Turbo S. Sem tirar o mérito de qualquer uma dessas qualidades citadas acima, mas o Porsche é mais do que um carro rápido em linha reta. Porsche 911 Turbo S Divulgação Todos os sistemas eletrônicos e de engenharia formam um conjunto irretocável, capaz não apenas de acelerar, mas também de contornar curvas, frear e dar ao piloto a sensação de que o carro estará sempre em suas mãos, à disposição para atender aos desejos de quem está ao volante. Como comparação, depois de guiar o 911 Turbo S, foi a vez de dirigir o 718 Cayman com o novo motor 4.0 aspirado de 400 cv equipado com câmbio manual de 6 marchas. Mesmo tendo 250 cv a menos, o esportivo menor é muito mais arisco, demonstrando maior tendência a sair nas curvas. Na subida dos boxes, por exemplo, era possível sentir os controles eletrônicos atuando para evitar uma escapada. Equipado com câmbio manual, Porsche 718 Cayman é bem mais 'arisco' do que o 911 Turbo S Divulgação No 911, mesmo em velocidades mais altas, isso não aconteceu nenhuma vez. Em outras curvas, quando uma correção era necessária no 718, o Turbo S sequer dava sinais de que iria se desviar da trajetória ideal. Quando se avalia carros superesportivos como o 911 Turbo S, a escolha de concorrentes torna-se mais difícil, já que a decisão de compra muitas vezes passa também pelo gosto pessoal do comprador. No caso deste Porsche, seus rivais mais próximos são Audi R8, McLaren 570S e Mercedes-AMG GT R Pro. Todos mais lentos e menos potentes do que o Turbo S. E, com exceção do primeiro, bem mais caros. O alemão de Stuttgart ainda se destaca por ser o mais amigável para o uso cotidiano - novamente, o tal do equilíbrio. Porsche 911 Turbo S Divulgação Porsche 911 Turbo S Divulgação Porsche 911 Turbo S Divulgação VÍDEO: veja como anda o 911 Carrera S, de 'apenas' 450 cv G1 testa novo Porsche 911 na Espanha VÍDEOS: mais avaliações de carros ]]>
Carlos Ghosn faz primeira apario pblica no Lbano e diz que ser consultor em projetos universitrioshttp://gpideia.com.br/noticia/carlos-ghosn-faz-primeira-aparicao
Participantes dos programas terão sessão de assessoria individual com executivo. Brasileiro está no Líbano desde dezembro, quando fugio do Japão. Carlos Ghosn apresenta projeto de consultoria em universidade no Líbano Anwar AMRO / AFP O ex-executivo da indústria automobilística Carlos Ghosn, que está no Líbano desde sua fuga do Japão, fez nesta terça-feira (29) a primeira aparição pública em vários meses, ao apresentar uma parceria com uma universidade local para desenvolver programas de capacitação. O ex-CEO da Nissan chegou a Beirute em dezembro, depois de fugir das acusações por fraude financeira no Japão, onde permaneceu detido por 130 dias. Em seu país de origem, Ghosn concedeu uma entrevista coletiva em janeiro para denunciar um "golpe" armado contra ele, mas desde então permaneceu discreto. Ghosn compareceu nesta terça-feira à Universidade do Espírito Santo de Kaslik (USEK), ao norte de Beirute, para apresentar uma parceria com o estabelecimento de ensino superior. Ele se recusou a responder perguntas vinculadas aos reveses legais ou ao julgamento no Japão de seu ex-colaborador na Nissan, o americano Greg Kelly. "Não vou desviar esta conferência de seu objetivo e este é a USEK", afirmou Ghosn. Ele citou três programas de formação que desenvolverá em colaboração com a USEK. O primeiro, apresentado pelo empresário como supostamente "o melhor do Líbano e também da região", é destinado a executivos de empresas. O segundo envolve um centro de formação em novas tecnologias e o terceiro dará apoio a "startups" e a empresários. Os participantes nos programas terão em particular uma sessão de assessoria individual com Ghosn. No final do curso, os alunos receberão um certificado assinado pelo empresário e a USEK. "Queremos demonstrar que somos formidáveis empreendedores, em particular neste momento em que o país realmente precisa", disse Ghosn. Ele afirmou que um de seus objetivos é "servir ao país e à sociedade", completou. O Líbano enfrenta um colapso econômico. A libra libanesa registrou uma desvalorização sem precedentes no último ano e o país registra demissões em larga escala e cortes salariais. Mais da metade dos libaneses vive atualmente abaixo da linha da pobreza, de acordo com dados oficiais. VÍDEO: Ghosn falou em janeiro sobre fuga e acusações Carlos Ghosn fala sobre fuga e acusação de fraude fiscal Veja mais vídeos de carros ]]>