Carros 2020: veja 60 lançamentos esperados

Carros 2020: veja 60 lançamentos esperados

21/01/2020 às 06:30 Vista: 135 Vez(es)


Picape mais vendida do Brasil, a Fiat Strada ganhará uma substituta completamente nova. Entre os SUVs, o novo Tracker, agora baseado no Onix, será destaque ao lados dos premium elétricos Mercedes EQC e Audi e-tron. Carros esperados para 2020 Arte: Amanda Paes/G1 Depois de um 2019 agitado, com os novos Onix e HB20, a indústria automotiva promete continuar acelerando nos lançamentos, com importantes novidades para 2020. O mercado de SUVs, em ebulição nos últimos anos, deve ser agitado pelas chegadas dos novos Chevrolet Tracker, Ford Territory e Renault Duster. Retrospectiva 2019: quem chegou e quem saiu de linha Outras novidades de peso são as novas gerações do Honda Fit e da Fiat Strada. Esta, por sinal, deve conviver com o modelo atual, que será posicionado para uma faixa de preços mais baixa. Por fim, o Brasil deve intensificar a estratégia de carros híbridos e elétricos. Além dos modelos de luxo, Audi e-tron e Mercedes-Benz EQC, estão previstas novidades eletrificadas de Mini, Honda e Jeep. Audi A4 - reestilização Audi A4 Sedan Divulgação Depois de ser lançada na Europa em meados do ano passado, a reestilização de meio de geração do sedã vai desembarcar no Brasil ao longo do ano. As atualizações deixaram o A4 mais parecido com os “irmãos” maiores, A6 e A8. A8 - nova geração Novo Audi A8 tem massagem para os pés e tecnologias autônomas Com mais de dois anos de atraso, o sedã de luxo A8 finalmente vai chegar ao Brasil em nova geração. Além de ótimo padrão de acabamento e tecnologias semi-autônomas, sua configuração topo de linha deve ter sob o capô um motor V8 4.0 de 466 cv. Q3 - nova geração Novo Audi Q3 Divulgação Previsto para chegar às lojas brasileiras em fevereiro, o modelo já está em pré-venda com preços entre R$ 179.990 e R$ 209.990, sempre com motor 1.4 turbo de 150 cavalos. Ao contrário da antiga geração, que era fabricada no Brasil, a nova chega importada da Hungria. Q3 Sportback - modelo inédito Audi Q3 Sportback Divulgação Depois do Q8, a Audi vai aumentar a família de SUVs com estilo cupê no Brasil. A novidade é a chegada do Q3 Sportback, que deve espelhar configurações de equipamento e motorização com o irmão de carroceria "convencional". RS 6/RS 7 - nova geração Audi RS6 Divulgação Apresentadas no último Salão de Frankfurt, as novas gerações dos esportivos RS 6 e RS 7 devem desembarcar no Brasil mais para o final de 2020. Nos dois casos, um potente motor V8 de 4 litros despeja 600 cv nas rodas, fazendo os veículos chegarem de 0 a 100 km/h em apenas 3,6 segundos. Q7 - reestilização Audi Q7 2020 Divulgação As novidades do Q7 estão “na cara”, e incluem uma nova grade, com barras verticais, como no Q8, para-choque com tomadas de ar mais generosas e nova assinatura de LED. Opcionalmente, o conjunto pode receber faróis a laser. Agora também há opção híbrida plug-in, mas sua chegada ao Brasil não foi confirmada. e-tron - modelo inédito Audi e-tron Divulgação O primeiro carro totalmente elétrico da Audi tanto está confirmado para o primeiro semestre de 2020, que também já está em pré-venda por R$ 459.990. São até 408 cavalos de potência, 417 km de autonomia e 5,7 segundos para ir de 0 a 100 km/h. BMW Série 2 Gran Coupe - modelo inédito BMW Série 2 Gran Coupé Divulgação/BMW A BMW ainda não confirma oficialmente a chega do sedã ao Brasil em 2020, mas há grandes chances para que ele venha disputar espaço com os novos Mercedes-Benz CLA e Classe A Sedan. Na versão M235i, ele tem um 2.0 turbo com 310 cavalos de potência que o leva de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos. X6 - nova geração BMW X6 Divulgação/BMW A nova geração do BMW X6 manteve a fórmula de design recente da marca alemã, e foi um pouco adiante. Além de grande, a grade também pode receber iluminação. O conjunto promete chamar atenção quando chegar às ruas. Outro motivo para isso é a motorização da versão M50 i, a única revelada até agora. Ela traz um V8 de 530 cv. Caoa Chery Tiggo 8 - modelo inédito Chery Tiggo 8 André Paixão/G1 O maior e mais caro modelo da Caoa Chery no Brasil deverá chegar ainda no primeiro semestre do ano já com produção nacional, feita em Anápolis (GO). É possível que ele estreie um motor 1.6 turbo de aproximadamente 200 cavalos de potência, com câmbio automatizado de dupla embreagem. Arrizo 6 - modelo inédito Caoa Chery Arrizo 6 Peter Fussy/G1 Com a descontinuação do QQ, a Chery ocupará a linha de produção em Jacareí (SP) com o sedã médio Arrizo 6, ao lado do Arrizo 5. Ele deverá ser equipado com os já conhecidos motor 1.5 turbo e câmbio CVT, e tem previsão para chegar às lojas no final do primeiro semestre. Citroën C5 Aircross - modelo inédito Citroën C5 Aircross Divulgação/Citroën A Citroën até já retirou de linha suas minivans C4 Picasso e Grand C4 Picasso para focar nos SUVs — ou seja, abrir caminho para o C5 Aircross. Ele está confirmado e deve chegar ainda no primeiro semestre com o mesmo conjunto do Peugeot 3008, os conhecidos motor 1.6 turbo e câmbio de 6 marchas. Chevrolet Tracker - nova geração Novo Chevrolet Tracker é mostrado no Salão de Xangai André Paixão/G1 Chevrolet Tracker ganha nova geração na China A terceira geração do Tracker marcará também sua terceira família. Enquanto na primeira ele nada mais era do que um Suzuki Vitara, na segunda ganhou base de Cruze e, na terceira, se tornará o maior membro da família Onix. O SUV deverá ser apresentado ainda no primeiro semestre com ao menos duas opções de motorização: 1.0 e 1.2, ambas com turbo. O modelo tem sido constantemente flagrado em testes pelo Brasil. S10 - reestilização Motor empurra a nova S10 de zero a 100 quilômetros por hora em 9,5 segundos Divulgação A picape passará por mais uma mudança no visual antes da chegada de uma geração totalmente nova, prevista para 2023. As novidades deverão ser discretas e concentradas na dianteira, enquanto a mecânica seguirá sem alterações. Ferrari F8 Tributo e F8 Tributo Spider - modelos inéditos Ferrari F8 Tributo Cyril Zingaro/AP A F8 Tributo é a sucessora da 488 GTB. Ela fez sua estreia no Salão de Genebra do ano passado, e chega em 2020 ao Brasil. A versão conversível, Spider, também deve ser lançada por aqui. Com um V8 de 720 cv, ela é 50 cv mais potente do que o modelo que substitui, e pode acelerar de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos. SF90 Stradale - modelo inédito Ferrari SF90 Stradale Divulgação/Ferrari Uma Ferrari híbrida, e que pode ser carregada na tomada. Com 1.000 cv, e que acelera de 0 a 200 km/h em menos de 7 segundos. A potência vem de um V8 de 780 cv. Os 220 cv restantes são provenientes de três propulsores elétricos. Quando chegar ao Brasil, a SF90 deve ser a Ferrari mais cara da linha. 812 GTS - modelo inédito Ferrari 812 GTS Divulgação A versão conversível da 812 Superfast é um dos raros modelos que possui um motor V12 montado na dianteira. A unidade de 6.5 litros entrega 800 cv, e é capaz de levar o esportivo aos 100 km/h em menos de 3 segundos. Fiat Picape compacta - modelo inédito Picape que substituirá a Fiat Strada foi flagrada em testes em SP. Guilherme Fontana/G1 A Fiat já confirmou que uma nova geração da Strada chega em 2020 — com a proximidade do lançamento, a picape também é flagrada com frequência pelas ruas brasileiras. Detalhes ainda são escassos, mas é possível que a picape mescle partes de Mobi, Argo, Strada, além do Fiorino. Ford Escape - modelo inédito Ford Escape Divulgação Depois de muitos estudos, a Ford finalmente decidiu trazer o Escape para o Brasil. Mas sua chegada será em versão única, com um conjunto híbrido, composto de motor 2.5 a combustão e outro elétrico. Somados, entregam até 225 cv. O Escape é maior do que o EcoSport, mas menor do que o Edge. Ele deve ser posicionado logo acima do Territory. Territory - modelo inédito Ford Territory Divulgação O Territory está confirmado para disputar espaço com o líder Jeep Compass. A Ford ainda não divulgou detalhes sobre o conjunto mecânico do SUV, que não deverá ser híbrido, mas revelou alguns equipamentos, como piloto automático adaptativo e Apple CarPlay sem fio. Honda Fit - nova geração Veja o novo Honda Fit em detalhes Apresentado ao mundo durante o Salão de Tóquio, o novo Honda Fit ainda não está confirmado para o Brasil, mas rumores apontam que ele chegará por aqui entre o final de 2020 e o início de 2021. É possível que seja vendido com ao menos um motor turbo e visual levemente modificado em relação ao japonês. Accord híbrido - nova versão Honda Accord Hybrid Divulgação/Honda A fabricante japonesa confirmou que seu primeiro híbrido no Brasil será o Accord, mas não revelou quando ele chegará por aqui. Nos Estados Unidos, o sedã é equipado com um motor 2.0 a gasolina e dois elétricos que, juntos, entregam 215 cavalos de potência. Hyundai Palisade - modelo inédito Hyundai Palisade Divulgação/Hyundai Maior SUV da Hyundai, o Palisade apareceu rodando em testes pelo Brasil. Quando chegar, deve levar até 7 pessoas com muito conforto. Para empurrar os quase 5 metros, o modelo lança mão de V6 3.8 de 295 cv, que é aliado ao câmbio automático de 8 marchas. Deve ser o modelo mais caro da empresa no país. Jac Motors iEV20 - modelo inédito Jac iEV20 Divulgação Conforme antecipado pelo G1 no ano passado, o iEV20 é mais um modelo da "ofensiva elétrica" da Jac. O menor e mais barato veículo elétrico do Brasil tem porte semelhante ao do Renault Kwid, e baterias que garantem autonomia de 400 km. O motor, de 68 cv, não é dos mais potentes, mas o torque de 21,9 kgfm é digno de carro turbo. As entregas começam agora em janeiro, e cada unidade sai por R$ 124.900. iEV60 - modelo inédito Jac iEV 60 Divulgação Também confirmado pela Jac no último Salão de Xangai, o iEV60 é um SUV elétrico, com porte do Jeep Compass. Ele chega ao Brasil em maio, por R$ 209.900, valor mais alto do que os R$ 170 mil da previsão inicial de Sergio Habib, chefão da marca por aqui. Seu motor elétrico entrega 150 cv, enquanto as baterias têm autonomia de 380 km. iEV 330P - modelo inédito Jac iEV 330P Divulgação A Jac também terá uma picape elétrica - a primeira do tipo no país. Com bateria de 67 kWh e autonomia de 330 km, a iEV 330P custará R$ 229.900, e tem entregas previstas para começar em abril de 2020. Assim como o iEV60, seu motor tem 150 cv e 33,7 kgfm de torque. Jaguar F-Type - reestilização Jaguar F-Type Coupé Divulgação O esportivo da Jaguar recebeu retoques visuais, e teve a chegada ao Brasil confirmada para o 2º semestre. As maiores novidades estão concentradas na dianteira. Ali, os faróis, que tinham orientação vertical, agora são horizontais. Grade e entradas de ar ficaram maiores, enquanto o capô foi trocado. No interior, a Jaguar modernizou a central multimídia e o quadro de instrumentos, agora digital. Jeep Renegade, Compass híbridos - nova versão Jeep Renegade ganha versão híbrida plug-in Divulgação/FCA Renegade e Compass, os dois produtos de maior sucesso da Jeep, serão os primeiros da empresa a ganharem uma versão híbrida plug-in, com possibilidade de recarga na tomada. Eles chegam ao longo do ano, trazendo o novo motor 1.3 turbo, aliado a um elétrico, posicionado no eixo traseiro. A potência combinada será de 190 cv (para o Renegade) ou 240 cv (para Renegade ou Compass). Wrangler híbrido - nova versão Assim como Renegade e Compass, o Wrangler híbrido também chegará ao Brasil em 2020. Porém, as informações sobre essa configuração do Jeep mais famoso ainda não estão disponíveis. É possível que ele use o mesmo motor 2.0 turbo de 277 cv, aliado a outro elétrico, usando o mesmo princípio dos "irmãos" menores. Gladiator - modelo inédito Jeep Gladiator Divulgação/Jeep Apresentada há pouco mais de um ano, a picape "conversível" do Wrangler já teve seu desenho registrado no Brasil e estudos confirmados pela FCA. Porém, o processo pode estar mais adiantado do que parece e o modelo chegará às lojas brasileiras já em 2020. É possível que a Gladiator chegue equipada com um motor V6 3.6 de 289 cavalos e com preços próximos dos R$ 300 mil. Kia Soul - nova geração Kia Soul Divulgação/Kia A Kia confirmou que a nova geração do Soul chega ao Brasil, possivelmente no segundo semestre, em duas configurações diferentes: com motor 1.6 de 130 cavalos de potência e elétrica, com 201 cv e 450 km de autonomia. Os preços ainda não foram definidos. Lamborghini Aventador SVJ Roadster - nova versão Lamborghini Aventador SVJ Roadster Divulgação Versão mais extrema da Aventador conversível, a SVJ é mais leve e mais potente do que a configuração "convencional", e tem produção limitada em 800 unidades. A chegada está programada para 2020, pouco mais de um ano após o lançamento mundial. São 770 cv em seu V12 aspirado, capazes de levar o supercarro aos 350 km/h. Huracan Evo RWD - nova versão Lamborghini Huracán RWD Divulgação O Hucarán, modelo de entrada da Lambo agora possui uma versão com tração traseira. É uma forma de afago aos amantes de esportivos à moda antiga, no que a fabricante italiana classifica como "retorno às origens da pureza mecânica". O V10 de 5.2 litros é o mesmo das outras versões. Ele entrega 610 cv, e pode empurrar o esportivo de 0 a 100 km/h em 3,3 segundos, com máxima de 325 km/h. Land Rover Defender - nova geração Land Rover Defender e Series I Divulgação/Land Rover Salão de Frankfurt 2019: Land Rover relança o Defender O lendário Defender ganhou uma nova geração em 2019 e já está confirmado para o Brasil em 2020. Contudo, ainda não se sabe quais serão as configurações escolhidas. Na Europa, ele tem motores a gasolina e a diesel, que variam entre 200 e 400 cavalos de potência. Range Rover e Range Rover Sport PHEV - nova versão Land Rover Range Rover Sport híbrido plug-in Divulgação/Land Rover Com atraso de alguns meses, a dupla Range Rover e Range Rover Sport estreiam no Brasil suas versões híbridas ainda em janeiro. São os primeiros híbridos da Land Rover a chegar ao país. Os dois modelos combinam o motor 2.0 de quatro cilindros e 300 cv com um elétrico de 116 cv, gerando potência combinada de 404 cv. De acordo com a fabricante, é possível rodar 51 km apenas no modo elétrico. Velar SVAutobiography - nova versão Range Rover Velar SVAutobiography Divulgação A última novidade da Land Rover de janeiro é o Velar SVAutobiography. Ele chega com a preparação da divisão de veículos especiais da fabricante britânica. Além do nome diferenciado, ele traz, com exclusividade, o V8 de 5 litros e 550 cv. Com esse motor, o SUV acelera de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos, e ultrapassa os 270 km/h de velocidade máxima. Mercedes-Benz CLA 45 AMG - nova versão Mercedes-AMG CLA 45 S André Paixão/G1 A segunda geração do CLA já está à venda no Brasil desde meados de 2019. A novidade é a versão esportiva, 45 AMG, que tem o motor de 4 cilindros mais potente do mundo, com 421 cv. Sua chegada está prevista para março, com preço estimado em R$ 400 mil. O G1 já avaliou o modelo na Alemanha. GLA - nova geração Mercedes-Benz GLA ganhou nova geração Divulgação Recentemente apresentado na Alemanha, o novo GLA ficou maior e já tem data para chegar ao Brasil: segundo semestre de 2020. Por aqui, ele deverá ter ao menos duas configurações, uma com motor 1.3 turbo de 163 cavalos e uma com um 2.0 turbo de 306 cavalos. Ele inclusive já foi visto em testes nas proximidades da sede da Mercedes, no ABC Paulista. GLB - modelo inédito Mercedes-Benz GLB Divulgação/Mercedes-Benz Com formato mais "quadrado" que remete ao antigo GLK, o modelo tem três fileiras e capacidade para até 7 ocupantes. Ele chega no segundo semestre de 2020 inicialmente na versão GLB 35, com um motor 2.0 turbo de 310 cavalos de potência. GLE - nova geração Mercedes-Benz GLE Divulgação O GLE é outro SUV da Mercedes que chega ao Brasil em 2020. O lançamento deve acontecer no primeiro semestre, mas não há confirmação das configurações escolhidas pela empresa. Entre os aparatos de segurança, o modelo tem um sistema que detecta congestionamentos e reduz a velocidade automaticamente. GLS - nova geração Mercedes-Benz GLS Divulgação Maior e mais luxuoso SUV da Mercedes, o novo GLS será vendido no Brasil ainda esse ano. Assim como o GLB, ele leva 7 passageiros, mas com muito mais sofisticação. Aos clientes que preferirem, é possível configurar o veículo para 6 pessoas, com os assentos da fileira do meio maiores. EQC - modelo inédito Mercedes-Benz EQC Divulgação Sem data exata para chegar às lojas, mas já confirmado pela Mercedes-Benz, o EQC iniciará a "onda elétrica" da marca por aqui. O modelo tem dois motores elétricos, posicionados um em cada eixo. Somados, eles entregam 408 cavalos. A autonomia é de 400 km. Mini Cooper elétrico - modelo inédito Mini Cooper SE, versão elétrica do compacto André Paixão/G1 Confirmado para o Brasil no último Salão de Frankfurt, o Mini elétrico promete desempenho interessante, com seu motor de 187 cv e 27,5 kgfm de torque. Ele pode rodar até 270 km com uma recarga, e possui cinco modos de condução. Mitsubishi L200 - reestilização Mitsubishi L200 Triton passou por grandes mudanças visuais Divulgação/Mitsubishi Com toda a concorrência atualizada, a L200 buscará recuperar o tempo perdido em 2020 com uma mudança que, apesar de profunda, focará na dianteira. O modelo receberá a mesma identidade do restante da linha, com faróis divididos e dois "bumerangues" cromados. Nissan Versa - nova geração Nissan Versa 2020 Divulgação O Versa precisou evoluir e ficar mais sofisticado para enfrentar a nova concorrência — leia-se Virtus, Onix Plus e HB20S. A nova geração chega ao Brasil no 2º trimestre, mas não aposenta a atual, que passará a se chamar V-Drive. Detalhes mecânicos e de equipamentos ainda não foram revelados. Peugeot 208 - nova geração Peugeot 208 Divulgação/Peugeot A própria presidente da Peugeot no Brasil, Ana Theresa Borsari, confirmou a chegada do novo 208 ao Brasil em 2020 importado da Argentina. O modelo, inclusive, já teve seus registros realizados no Inpi. Porém, ainda não há nenhum detalhe técnico revelado. Porsche Taycan - modelo inédito Porsche Taycan Divulgação Primeiro elétrico da Porsche é um sedã de 4 portas que acelera como uma Ferrari; G1 andou Durante o lançamento do Taycan, seu primeiro carro elétrico, a Porsche confirmou que o modelo deve chegar ao mercado brasileiro em 2020. A marca ainda não disse, porém, quais configurações serão vendidas, mas é possível que a mais cara, de 625 cavalos e 450 km de autonomia, esteja entre elas. 911 Turbo e Turbo S - novas versões As novas versões do 911 sequer foram apresentadas, mas já foram confirmadas para chegar ao Brasil em 2020. Isso só deve acontecer no segundo semestre, mas a expectativa começa a se formar, já que a Porsche ainda não divulgou a potência das novas versões. O Turbo certamente terá mais do que os 540 cv da versão que saiu de linha, enquanto o Turbo S deve passar dos 580 cv do modelo passado. Macan GTS - nova versão Porsche Macan GTS Divulgação A versão mais esportiva do Macan chega ao Brasil ainda este ano. A GTS tem motor V6 de 2.9 litros e 380 cv. São 30 cv a mais do que a configuração S. Com isso, o menor SUV da Porsche acelera de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos, atingindo 261 km/h de velocidade máxima. 718 Cayman GT4 - nova versão Porsche 718 Cayman GT4 Divulgação Versão mais potente - e provavelmente divertida - do 718 Cayman. Isso porque traz quase tudo que um fã de carros gosta: motor aspirado (4.0 de 420 cv), em posição central, câmbio manual de 6 marchas e uma carroceria compacta. Esse conjunto faz com que o cupê acelere de 0 a 100 km/h em apenas 4,4 segundos. A velocidade máxima ultrapassa os 300 km/h. RAM 1500 - modelo inédito Ram 1500 Divulgação/Ram A RAM chegará neste ano para concorrer com as versões mais caras das médias tradicionais, ou seja, Hilux, S10, Ranger e Amarok, por cerca de R$ 200 mil. Diferentemente da "irmã" maior, 2500, a 1500 poderá ser conduzida com a CNH de categoria B. O modelo deverá ser equipado com um motor V6 3.0 turbodiesel de 264 cavalos. Renault Duster - nova geração Novo Renault Duster Divulgação Com testes a todo vapor pelas ruas brasileiras, o SUV deverá ser o primeiro Renault turbo do Brasil. Ele poderá ser equipado com o novo motor 1.3 turbo de 130 cavalos de potência, enquanto as versões mais baratas permanecerão com o 1.6 aspirado atual. O visual será praticamente o mesmo do Duster europeu. Zoe - reestilização Renault Zoe 2020 Divulgação O Zoe começou a ser vendido no Brasil no começo de 2019. Pouco mais de um ano depois, o veículo elétrico mais famoso da Renault passará por atualizações. Isso inclui um interior mais caprichado, e leves retoques no exterior. O mais importante é que o modelo ficou mais potente - pode ter 110 cv ou 136 cv. Toyota Hilux V6 - nova versão Toyota Hilux V6 Divulgação Assim como a Volkswagen Amarok, a Hilux também terá um motor V6 no Brasil. Mas se engana quem pensa que trata-se de um propulsor diesel. A Toyota irá apostar no veterano motor de seis cilindros a gasolina, que já foi usado na SW4. São 238 cv e 38,3 kgfm. A versão escolhida para a configuração mais potente é a GR-S. Volkswagen Nivus - modelo inédito Volkswagen mostra seu próximo SUV, o Nivus Divulgação O "SUV-cupê" baseado no Polo será fabricado em São Bernardo do Campo (SP) e será um dos primeiros lançamentos da Volkswagen em 2020. Menor do que o T-Cross, é possível que ele seja equipado com os motores 1.0 turbo e 1.4 turbo do hatch. Polo e Virtus GTS - nova versão Volkswagen Polo e Virtus GTS André Paixão/G1 Tanto o hatch quanto o sedã começam a ser vendidos já no início do ano. O grande destaque dos modelos, além do visual esportivo, com faróis de led e rodas de 17 polegadas, é o motor 1.4 turbo de 150 cavalos. O câmbio será sempre automático de 6 marchas. Os preços ainda não foram revelados. Tarek - modelo inédito Volkswagen Tarek rodando em testes em São Bernardo do Campo, SP André Paixão/G1 A própria Volkswagen admite que o Tarek, um pouco maior do que o T-Cross, só chegará às lojas brasileiras em 2021, mas confirma sua apresentação ao mercado em 2020. O modelo já roda em testes no Brasil, apesar de ser fabricado na Argentina, e deverá ter motor 1.4 turbo de 150 cavalos. Atlas Cross Sport - modelo inédito Volkswagen Atlas Cross Sport Divulgação O Atlas Cross Sport deve ocupar o posto mais alto entre os SUVs da Volks no Brasil. Com seu estilo cupê, ele terá a missão de substituir o Touareg, que não ganhou uma nova geração por aqui. A razão é simples. o Atlas é baseado na plataforma MQB, e tem custos mais baixos do que o refinado Touareg, que usa a mesma base de Audi Q7 e Porsche Cayenne, por exemplo. VIA: G1 > Auto Esporte

Deixe seu comentário